Carros Bem Montados

SUVS MAIS BARATOS DO BRASIL

Os 10 SUVs mais econômicos do Brasil 2023: Ao criar nossa lista, estabelecemos um teto de preço de até R$ 200 mil e adotamos uma classificação baseada no consumo energético dos veículos, medido em megajoules por quilômetro (MJ/km). Essa medida indica a quantidade de energia utilizada pelo carro para percorrer uma determinada distância. Quanto menor o valor, maior a eficiência do veículo.

10) Citroën C4 Cactus THP

Citroën C4 Cactus THP

O Citroën C4 Cactus THP, com um preço de R$ 147.990, conta com um motor 1.6 turbo flex de até 173 cv e 24,5 kgfm de torque, acoplado a um câmbio automático de seis marchas. Em termos de eficiência energética, apresenta um valor de 1,73 MJ/km.

No que diz respeito ao consumo de combustível, o C4 Cactus THP registra um consumo de 11,7 km/l na cidade e 13,4 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol alcança 8,2 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada.

Apesar de possuir um motor com um projeto mais antigo, o C4 Cactus THP consegue garantir a décima posição na lista, mostrando-se econômico e amigável para o bolso. Embora não supere o Fastback 1.3 em termos de potência, seu peso reduzido o torna o mais ágil da lista.

9) Volkswagen T-Cross 1.4 turbo

Volkswagen T-Cross 1.4 turbo

O Volkswagen T-Cross Highline, com preço de R$ 165.990, é equipado com um motor 1.4 turbo flex, capaz de entregar até 150 cv e 25,5 kgfm de torque. Possui um câmbio automático de seis marchas e apresenta uma eficiência energética de 1,69 MJ/km.

No que se refere ao consumo de combustível, o T-Cross Highline registra um consumo de 11,8 km/l na cidade e 14,2 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol alcança 9,2 km/l na cidade e 10 km/l na estrada.

Embora seja um veículo com um preço elevado, que o coloca na categoria dos SUVs médios, o T-Cross Highline, com seu motor 1.4 TSI, se destaca em nossa lista, ficando atrás apenas do Corolla Cross Hybrid. Além disso, oferece um desempenho excelente aliado a um bom consumo de combustível. Vale ressaltar que uma atualização visual está prevista em breve.

8) Volkswagen Nivus

Volkswagen Nivus

O Volkswagen Nivus, com preço de R$ 123.890, combina um design elegante com características de SUV, apresentando um formato cupê que o diferencia do T-Cross. Dentro da linha da Volkswagen, podemos dizer que o Nivus é o equivalente a um SUV baseado no Polo, enquanto o T-Cross seria o correspondente a um SUV baseado no Virtus. É interessante notar que o sedã Virtus adotou o visual frontal inspirado no Nivus.

O Nivus oferece um motor 1.0 turbo flex, capaz de entregar até 128 cv e 20,4 kgfm de torque, em conjunto com um câmbio automático de seis marchas. Sua eficiência energética é de 1,66 MJ/km.

No que se refere ao consumo de combustível, o Nivus registra um consumo de 12,1 km/l na cidade e 14,2 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol alcança 8,3 km/l na cidade e 10,1 km/l na estrada.

Em resumo, o Volkswagen Nivus se destaca pela sua estética atraente, combinando elementos de um SUV com um design de cupê. Ele proporciona uma opção interessante dentro da linha da Volkswagen, sendo uma alternativa mais compacta e urbana para aqueles que buscam um SUV.

7) Volkswagen T-Cross 1.0 turbo

Volkswagen T-Cross 1.0 turbo

O motor 1.0 TSI tem demonstrado uma grande versatilidade ao longo dos anos, sendo utilizado em uma ampla gama de veículos. Desde o subcompacto up! até o SUV compacto T-Cross, passando também pelo Nivus, Polo e Virtus. No caso do T-Cross, além do desempenho do motor, destaca-se o bom espaço interno e o custo-benefício oferecidos na versão de entrada.

O Volkswagen T-Cross, com preço de R$ 116.550, é equipado com um motor 1.0 turbo flex, capaz de entregar até 128 cv e 20,4 kgfm de torque. Conta com um câmbio automático de seis marchas e apresenta uma eficiência energética de 1,66 MJ/km.

Em relação ao consumo de combustível, o T-Cross registra um consumo de 12 km/l na cidade e 14,4 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol alcança 8,3 km/l na cidade e 10 km/l na estrada.

Em resumo, o T-Cross se destaca por contar com o motor 1.0 TSI, conhecido por sua versatilidade, e por oferecer um bom espaço interno e um custo-benefício atrativo, especialmente em sua versão de entrada. É uma opção interessante para aqueles que buscam um SUV compacto com bom desempenho e eficiência energética.

6) Fiat Fastback 1.0 turbo

Fiat Fastback 1.0 turbo

O SUV cupê da Fiat, com um preço de R$ 133.900, apresenta um motor 1.0 turbo flex, capaz de entregar até 130 cv e 20,4 kgfm de torque. É equipado com um câmbio automático do tipo CVT e registra uma eficiência energética de 1,64 MJ/km.

No que se refere ao consumo de combustível, o SUV cupê da Fiat tem um consumo de 12,1 km/l na cidade e 14,4 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol alcança 8,4 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada.

Curiosamente, o SUV cupê da Fiat apresenta uma eficiência um pouco menor em comparação ao Pulse, do qual é derivado e possui a mesma motorização. No entanto, sua grande vantagem está no tamanho do porta-malas, que é ainda maior do que o do Jeep Compass, por exemplo.

Em resumo, o SUV cupê da Fiat oferece uma opção interessante no segmento, com um motor turbo eficiente e um câmbio CVT. Além disso, destaca-se pelo amplo espaço no porta-malas, superando até mesmo modelos como o Jeep Compass.

5) Fiat Pulse 1.0 turbo

Fiat Pulse 1.0 turbo

O SUV da Fiat, com um preço de R$ 117.990, possui um motor 1.0 turbo flex, capaz de entregar até 130 cv e 20,4 kgfm de torque. É equipado com um câmbio automático do tipo CVT e registra uma eficiência energética de 1,64 MJ/km.

No que se refere ao consumo de combustível, o SUV da Fiat alcança 12,1 km/l na cidade e 14,4 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol registra 8,4 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada.

Embora seja derivado de um hatch, o SUV da Fiat compensa qualquer desvantagem em termos de espaço com seu excelente consumo. A marca italiana conseguiu posicionar duas motorizações e três versões entre os SUVs mais econômicos do mercado.

Em resumo, a Fiat oferece uma opção de SUV com motorização turbo e câmbio automático CVT, proporcionando um bom equilíbrio entre desempenho e eficiência. Além disso, destaca-se pelo seu baixo consumo de combustível, colocando diversas versões entre os SUVs mais econômicos disponíveis atualmente.

4) Honda HR-V EX

Honda HR-V EX

O Honda HR-V, com um preço de R$ 148.900, é equipado com um motor 1.5 flex, capaz de entregar até 126 cv e 15,8 kgfm de torque. Conta com um câmbio automático do tipo CVT e registra uma eficiência energética de 1,62 MJ/km.

No que se refere ao consumo de combustível, o HR-V alcança 12,7 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol registra 8,8 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada.

O HR-V exemplifica como o peso adicional e a perda de aerodinâmica de um SUV em relação a um sedã comprometem sua eficiência energética. O conjunto mecânico semelhante ao do novo City resulta em uma eficiência cerca de 0,10 MJ/km inferior no HR-V, como indicado pelos números de consumo.

Apesar disso, dentro da categoria de SUVs, o HR-V ainda se destaca como um dos mais eficientes. Além disso, oferece uma boa dose de tecnologia e versatilidade.

Em resumo, o Honda HR-V apresenta um desempenho um pouco inferior em termos de eficiência energética em comparação com um sedã equivalente devido às características de peso e aerodinâmica de um SUV. No entanto, dentro da categoria de SUVs, o HR-V se destaca como um modelo eficiente, combinando tecnologia e versatilidade.

3) Fiat Pulse 1.3

Fiat Pulse 1.3

O Fiat Pulse, com preço de R$ 105.990, é equipado com um motor 1.3 flex, capaz de entregar até 107 cv e 13,7 kgfm de torque. Possui um câmbio automático do tipo CVT e registra uma eficiência energética de 1,58 MJ/km.

Em relação ao consumo de combustível, o Pulse alcança 12,8 km/l na cidade e 14 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol registra 8,9 km/l na cidade e 10,6 km/l na estrada.

Embora ocupe apenas a décima posição entre os automáticos até R$ 200 mil, o Pulse se destaca entre os SUVs até a mesma faixa de preço, conquistando a segunda posição, ficando atrás apenas de dois modelos híbridos. Além disso, é o mais acessível e compacto da lista.

Em resumo, o Fiat Pulse apresenta uma boa eficiência energética e consumo de combustível, especialmente dentro da categoria de SUVs até a faixa de preço mencionada. Sua posição na lista ressalta seu custo-benefício, sendo o mais barato e compacto entre os modelos mencionados.

2) Kia Stonic

Kia Stonic

O Kia Stonic, com preço de R$ 147.990, é equipado com um motor 1.0 turbo de 118 cv e 17,1 kgfm de torque, além de contar com um sistema híbrido de 48V, que aumenta a potência para 120 cv e o torque para 20,4 kgfm. Possui um câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. Apresenta uma eficiência energética de 1,56 MJ/km.

Em relação ao consumo de combustível, o Stonic alcança 13,7 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada com gasolina.

O Kia Stonic faz parte da lista de modelos automáticos mais econômicos do Brasil. Ele combina o motor 1.0 turbo, o mesmo encontrado no HB20, com um sistema elétrico de 48V, resultando em uma potência total de 120 cv e um torque de 20,4 kgfm. Embora não se destaque tanto em termos de consumo entre os carros convencionais, ele alcança uma posição de destaque entre os SUVs.

Em resumo, o Kia Stonic oferece uma opção híbrida interessante, combinando um motor 1.0 turbo com um sistema elétrico de 48V. Apresenta um bom desempenho em termos de consumo, especialmente entre os SUVs, onde ocupa a segunda posição.

1) Toyota Corolla Cross XRV Hybrid

Toyota Corolla Cross XRV Hybrid

O Toyota Corolla Cross, com preço de R$ 199.690, é equipado com um motor 1.8 flex de até 101 cv e 18,9 kgfm de torque, além de um motor elétrico de 72 cv. Possui um câmbio automático do tipo CVT. Apresenta uma eficiência energética de 1,31 MJ/km.

Em relação ao consumo de combustível, o Corolla Cross alcança 17,8 km/l na cidade e 14,7 km/l na estrada com gasolina, enquanto com etanol registra 11,8 km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada.

O Corolla Cross é o único modelo híbrido pleno presente na lista. Ele se beneficia da mecânica do seu irmão sedã, que também está presente na lista dos automáticos mais econômicos até R$ 200 mil. Apesar das polêmicas vividas, como a simplificação em alguns aspectos e o design exagerado do abafador do escapamento, o modelo se consolidou na segunda posição.

Em resumo, o Toyota Corolla Cross oferece uma opção híbrida completa no mercado. Com sua mecânica derivada do sedã Corolla, apresenta uma excelente eficiência energética e consumo de combustível. Apesar de algumas controvérsias em relação ao design e a simplificações, o modelo conquistou seu lugar e se estabeleceu como o segundo colocado na lista.

Compartilhe: 

Recomendamos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *